07 jun 2018

Custos de transação e arranjos institucionais alternativos: uma análise da avicultura de corte no Estado de São Paulo

Dissertação de Mestrado

 

Resumo: Neste estudo pretende-se analisar a coexistência de arranjos institucionais alternativos em sistemas produtivos agroindustriais, com foco no suprimento de frangos aos processadores na avicultura. Ainda que seja predominante na avicultura brasileira, o contrato de parceria com produtores coexiste com outros arranjos institucionais no Estado de São Paulo, como as transações via mercado com intermediários de frango vivo ou contratos de fornecimento temporário com produtores independentes. O objetivo do estudo é analisar a participação percentual dos arranjos institucionais alternativos no suprimento total dos processadores e as razões para que sejam adotados. As variáveis explicativas consideradas são algumas características e estratégias dos processadores, assim como percepções que eles têm sobre as transações, e o ambientes competitivo. Os dados foram obtidos em questionário aplicado para 30 processadores. A análise foi realizada considerando-se os arranjos institucionais individuais, o grau de integração medido pelo arranjo predominante (mercado, contratos e integração) e a escolha dicotômica do Mercado. Para cada nível de análise foram realizadas análises de estatística descritiva, análise de correlação, análise de correspondência e testes qui-quadrado para testar as hipóteses levantadas com base na Economia dos Custos de Transação.


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *