Sistema agroindustrial citrícola: um exemplo de “quase-integração” no agribusiness brasileiro

Postado por em 17:09 hrs. em Teses e Dissertações | 1 Comentário


Dissertação de Mestrado – 1995
Autor: Marcos Fava Neves
Resumo: Este trabalho traz uma análise geral do sistema agroindustrial citrícola brasileiro sob duas óticas: a do referencial teórico de agribusiness desenvolvido a partir da Universidade de Harvard e a da economia dos custos de transação e contratos. Dentro desta análise, uma transação dentro do sistema foi destacada, entre produtores de frutas e indústria processadora, que é o arrendamento de capacidade industrial por produtores, que com isto avançam no sistema agroindustrial, vendendo daí os produtos derivados do processamento de frutas e não mais as frutas simplesmente. São os chamados contratos de “toll processing”1 (aluguel de capacidade industrial), que ocorrem há mais de dez anos no setor. A principal vantagem encontrada pelo produtor nesse tipo de relacionamento, entre outras citadas no texto, é incorporar margens que seriam da indústria, escapando do contrato padrão presente nas transações entre produtores e indústrias e passando a correr os riscos do preço do suco de laranja, o principal produto derivado, no mercado internacional. Para as indústrias, a principal vantagem, entre outras citadas no texto, seria a de programar melhor a logística de aquisição de frutas (os contratos são normalmente por mais de uma safra), podendo diminuir a sua capacidade ociosa (estimada para o setor em cerca de 30%), e ter maior garantia no fornecimento de frutas dada por estes contratos.

1 Comentário

Contribua com esta página, poste o seu comentário.

  1. Kaleigh

    How neat! Is it ralely this simple? You make it look easy.

Deixe um Comentário